A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

BA: PRF liberta 30 agricultores submetidos a trabalho escravo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia libertou 30 trabalhadores que eram explorados em regime de trabalho escravo numa propriedade rural em Barreiras (857 km de Salvador). Conforme a PRF, os trabalhadores estavam alojados em barracas de lona em péssimas condições de higiene, sem registro em carteira de trabalho e sem receber salários há 3 meses. Depois de uma vistoria no local e arredores da propriedade, foram encontradas, em meio à vegetação, quatro espingardas de fabricação caseira que seriam usadas para ameaçar os trabalhadores. O proprietário foi identificado e a Justiça aguarda que ele pague os trabalhadores. Caso isso não aconteça, uma ação civil pública será impetrada no Ministério Público do Trabalho solicitando o bloqueio dos seus bens. Agência A Tarde

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia libertou 30 trabalhadores que eram explorados em regime de trabalho escravo numa propriedade rural em Barreiras (857 km de Salvador). Conforme a PRF, os trabalhadores estavam alojados em barracas de lona em péssimas condições de higiene, sem registro em carteira de trabalho e sem receber salários há 3 meses.

Depois de uma vistoria no local e arredores da propriedade, foram encontradas, em meio à vegetação, quatro espingardas de fabricação caseira que seriam usadas para ameaçar os trabalhadores.

O proprietário foi identificado e a Justiça aguarda que ele pague os trabalhadores. Caso isso não aconteça, uma ação civil pública será impetrada no Ministério Público do Trabalho solicitando o bloqueio dos seus bens.

Agência A Tarde


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *