A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

Moção de repúdio – Coetrae-TO

Tomando conhecimento das denúncias de gravíssimas irregularidades cometidas no cumprimento de uma ordem de despejo de 105 famílias no acampamento Alto da Paz (fazenda Santo Hilário, Araguatins) por agente das polícias civis, militares e outros não identificados, culminando em tentativa de assassinato, a COETRAE 1. Repudia veementes as violações de direitos humanos por ventura cometidas; 2. Exige rigorosa e imparcial investigação dos fatos denunciados, apuração das responsabilidades, afastamento imediato e punição dos responsáveis; 3. Pede às autoridades locais, estaduais e federais competentes que providenciem imediatamente as condições decentes necessárias à reinstalação provisória das famílias desalojadas até sua volta ao local; 4. Pede às mesmas autoridades que garantam a preservação das benfeitorias e produções acumuladas pelas famílias no acampamento e seu entorno, considerando os 6 anos de sua ocupação no local. Palmas, 07 de abril de 2009 Coetrae Voltar para a matéria Despejados de área produtiva, sem-terra enfrentam precariedade

Tomando conhecimento das denúncias de gravíssimas irregularidades cometidas no cumprimento de uma ordem de despejo de 105 famílias no acampamento Alto da Paz (fazenda Santo Hilário, Araguatins) por agente das polícias civis, militares e outros não identificados, culminando em tentativa de assassinato, a COETRAE

1. Repudia veementes as violações de direitos humanos por ventura cometidas;
2. Exige rigorosa e imparcial investigação dos fatos denunciados, apuração das responsabilidades, afastamento imediato e punição dos responsáveis;
3. Pede às autoridades locais, estaduais e federais competentes que providenciem imediatamente as condições decentes necessárias à reinstalação provisória das famílias desalojadas até sua volta ao local;
4. Pede às mesmas autoridades que garantam a preservação das benfeitorias e produções acumuladas pelas famílias no acampamento e seu entorno, considerando os 6 anos de sua ocupação no local.

Palmas, 07 de abril de 2009

Coetrae

Voltar para a matéria Despejados de área produtiva, sem-terra enfrentam precariedade


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *