A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

Mulheres denunciam trabalho escravo nas usinas do Estado

Mais de 200 trabalhadoras rurais da Via Campesina realizam, na manhã desta segunda-feira (9), uma manifestação na Usina Cruangi, localizada no município de Aliança, Zona da Mata Norte de Pernambuco contra o modelo de monocultivo da cana e o trabalho escravo no Estado. A usina tornou-se um dos símbolos de exploração de trabalhadores rurais quando, no mês de fevereiro, em uma operação do Grupo Móvel de Fiscalização contra o trabalho escravo, foram resgatados 252 trabalhadores rurais, dentre eles, 27 menores de idade. Todos encontrados na usina, em regime de escravidão. Cana de açúcar – O setor sucroalcooleiro foi o ramo da economia que mais se utilizou da mão-de-obra escrava no ano de 2008. Segundo dados da CPT, foram 2.553 trabalhadores resgatados no ano passado nas lavouras de cana. Esse número representou 49% dos trabalhadores encontrados em regime de trabalho escravo no país, em 2008. Em Pernambuco, foram encontrados 529 trabalhadores em situações de escravidão e super exploração nas usinas do estado, no ano passado. Um dos casos mais emblemáticos foi o da Usina Vitória, no município de Palmares, com o resgate de mais de 240 trabalhadores rurais que trabalhavam em situações degradantes. Outro caso foi o resgate de mais de 150 canavieiros que eram mantidos em regime de escravidão pela Usina Ipojuca, localizada no município de Ipojuca, Litoral Sul do Estado. Novas operações do Grupo Móvel acontecem no estado desde a semana passada. Ao todo, foram fiscalizadas sete usinas, entre elas a Usina Trapiche e Santo André e o parecer ainda será divulgado nos próximos dias.  

Mais de 200 trabalhadoras rurais da Via Campesina realizam, na manhã desta segunda-feira (9), uma manifestação na Usina Cruangi, localizada no município de Aliança, Zona da Mata Norte de Pernambuco contra o modelo de monocultivo da cana e o trabalho escravo no Estado.

A usina tornou-se um dos símbolos de exploração de trabalhadores rurais quando, no mês de fevereiro, em uma operação do Grupo Móvel de Fiscalização contra o trabalho escravo, foram resgatados 252 trabalhadores rurais, dentre eles, 27 menores de idade. Todos encontrados na usina, em regime de escravidão.

Cana de açúcar – O setor sucroalcooleiro foi o ramo da economia que mais se utilizou da mão-de-obra escrava no ano de 2008. Segundo dados da CPT, foram 2.553 trabalhadores resgatados no ano passado nas lavouras de cana. Esse número representou 49% dos trabalhadores encontrados em regime de trabalho escravo no país, em 2008.

Em Pernambuco, foram encontrados 529 trabalhadores em situações de escravidão e super exploração nas usinas do estado, no ano passado. Um dos casos mais emblemáticos foi o da Usina Vitória, no município de Palmares, com o resgate de mais de 240 trabalhadores rurais que trabalhavam em situações degradantes.

Outro caso foi o resgate de mais de 150 canavieiros que eram mantidos em regime de escravidão pela Usina Ipojuca, localizada no município de Ipojuca, Litoral Sul do Estado. Novas operações do Grupo Móvel acontecem no estado desde a semana passada. Ao todo, foram fiscalizadas sete usinas, entre elas a Usina Trapiche e Santo André e o parecer ainda será divulgado nos próximos dias.

 


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *