A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

Idec debateu clima, turismo e sustentabilidade no Fórum Social Mundial 2009, em Belém

O Idec e o Vitae Civilis (Instituto para o Desenvolvimento, Meio Ambiente e Paz) promoveram, durante o Fórum Social Mundial 2009, em Belém do Pará, a mesa redonda "Mude o consumo para Não Mudar o Clima". O debate contou com a contribuição de representantes de organizações parceiras que vem atuando fortemente na investigação da cadeia da pecuária, tida como uma das principais responsáveis pelo desmatamento na Amazônia e uma das vilãs do aquecimento global por conta das fortes emissões de gases de efeito estufa. Além de Rubens Born do Vitae Civilis e Adriana Charoux do Idec, a mesa contou com as participações de André Muggiati (Greenpeace Brasil), Mario Menezes (Amigos da Terra Amazônia Brasileira), Leonardo Sakamoto (Repórter Brasil) e Thomaz Enlazador (Universidade Federal de Pernambuco – UFPE). O objetivo principal da atividade foi o de sensibilizar e dialogar com participantes sobre os desafios para alterar padrões de consumo e produção, na busca da sustentabilidade e enfrentamento dos desafios do aquecimento global. O Idec participou também do Fórum Global sobre Turismo Sustentável, organizado pelo Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (FBOMS) e assina uma declaração denunciando o turismo de massa predatório, que colabora com o aquecimento global e as mudanças climáticas. A declaração defende ainda um outro modelo de turismo, verdadeiramente sustentável baseado nas experiências trazidas pelo turismo comunitário e sustentável. Todas as mesas do Fórum contaram com ampla participação pública. De profissionais que atuam na área de turismo a professores e estudantes universitários do Brasil e de outros países latino americanos. Avalie sua "pegada ecológica" e emissões de carbono e saiba como diminuir sua contribuição ao aquecimento global em www.climaeconsumo.org.br

O Idec e o Vitae Civilis (Instituto para o Desenvolvimento, Meio Ambiente e Paz) promoveram, durante o Fórum Social Mundial 2009, em Belém do Pará, a mesa redonda "Mude o consumo para Não Mudar o Clima". O debate contou com a contribuição de representantes de organizações parceiras que vem atuando fortemente na investigação da cadeia da pecuária, tida como uma das principais responsáveis pelo desmatamento na Amazônia e uma das vilãs do aquecimento global por conta das fortes emissões de gases de efeito estufa.

Além de Rubens Born do Vitae Civilis e Adriana Charoux do Idec, a mesa contou com as participações de André Muggiati (Greenpeace Brasil), Mario Menezes (Amigos da Terra Amazônia Brasileira), Leonardo Sakamoto (Repórter Brasil) e Thomaz Enlazador (Universidade Federal de Pernambuco – UFPE).

O objetivo principal da atividade foi o de sensibilizar e dialogar com participantes sobre os desafios para alterar padrões de consumo e produção, na busca da sustentabilidade e enfrentamento dos desafios do aquecimento global.

O Idec participou também do Fórum Global sobre Turismo Sustentável, organizado pelo Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (FBOMS) e assina uma declaração denunciando o turismo de massa predatório, que colabora com o aquecimento global e as mudanças climáticas. A declaração defende ainda um outro modelo de turismo, verdadeiramente sustentável baseado nas experiências trazidas pelo turismo comunitário e sustentável.

Todas as mesas do Fórum contaram com ampla participação pública. De profissionais que atuam na área de turismo a professores e estudantes universitários do Brasil e de outros países latino americanos.

Avalie sua "pegada ecológica" e emissões de carbono e saiba como diminuir sua contribuição ao aquecimento global em www.climaeconsumo.org.br


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *