A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

Relatório mostra violação de direitos humanos no país

São Paulo – A Rede Social de Justiça e Direitos Humanos lança hoje (4), em São Paulo, relatório que mostra as violações de direitos humanos ocorridas no Brasil este ano. O estudo é resultado do trabalho de pesquisa de 22 organizações. O lançamento, que faz parte da programação das sessões do Tribunal Popular: o Estado Brasileiro no Banco dos Réus, ocorre às 13h30 no Salão Nobre da Faculdade de Direito do Largo São Francisco. O Tribunal Popular é organizado por movimentos e organizações sociais para julgar o estado brasileiro por violação dos direitos humanos das populações mais pobres. O objetivo é fazer um contraponto às comemorações oficiais dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O primeiro capítulo do relatório – Direitos Humanos no Meio Rural – contém dados sobre a violência no campo e um balanço sobre a política agrária no atual governo. Também trata dos impactos da expansão do monocultivo de cana para produção de etanol e a negação de direitos pela qual passam os trabalhadores na cana-de-açúcar. Além disso, traz uma análise da situação das comunidades quilombolas no Brasil, dos povos indígenas, dados atualizados sobre o trabalho escravo e uma discussão sobre as estratégias da Lei de Segurança Nacional. 04/12/2008

São Paulo – A Rede Social de Justiça e Direitos Humanos lança hoje (4), em São Paulo, relatório que mostra as violações de direitos humanos ocorridas no Brasil este ano. O estudo é resultado do trabalho de pesquisa de 22 organizações.

O lançamento, que faz parte da programação das sessões do Tribunal Popular: o Estado Brasileiro no Banco dos Réus, ocorre às 13h30 no Salão Nobre da Faculdade de Direito do Largo São Francisco. O Tribunal Popular é organizado por movimentos e organizações sociais para julgar o estado brasileiro por violação dos direitos humanos das populações mais pobres. O objetivo é fazer um contraponto às comemorações oficiais dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

O primeiro capítulo do relatório – Direitos Humanos no Meio Rural – contém dados sobre a violência no campo e um balanço sobre a política agrária no atual governo. Também trata dos impactos da expansão do monocultivo de cana para produção de etanol e a negação de direitos pela qual passam os trabalhadores na cana-de-açúcar. Além disso, traz uma análise da situação das comunidades quilombolas no Brasil, dos povos indígenas, dados atualizados sobre o trabalho escravo e uma discussão sobre as estratégias da Lei de Segurança Nacional.

04/12/2008


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *