A Repórter Brasil está sob censura judicial desde o dia 9 de outubro de 2015. Saiba mais.

Especial: O avanço da cana-de-açúcar

FISCALIZAÇÕES Fornecedores ramificados de usinas em SP desafiam fiscalização No estado mais rico do país, cortadores de cana ainda enfrentam dificuldades. Situação é pior nas propriedades de fornecedoras. Mesmo nesses casos, responsabilidade pelas condições de trabalho também é das grandes usinasFiscais resgatam 118 em grandes usinas na divisa entre SP e MG 55 dos resgatados trabalhavam na Usina Agrisul, em Icém (SP), que faz parte do Grupo José Pessoa – reincidente em casos de trabalho degradante. Usina Moema, de Orindiúva (SP), assumiu responsabilidade por outras 63 pessoasTrabalho em usinas de Alagoas gera ações na Justiça e dossiê Força-tarefa do Ministério Público do Trabalho (MPT) fiscalizou 15 usinas e se desdobrou em 12 ações civis públicas. Negociações para acordos, contudo, seguem abertas. Relatório final será apresentado na Conferência da OIT Fiscalização em usina de cana é concluída com 421 resgates Operação iniciada em março terminou apenas no último sábado (5). Prefeitura de Quirinópolis alugou espaço para abrigar 41 trabalhadores da Agropecuária Campo Alto (da Usina São João), mas vereadores não aprovaram medidaFiscalização na Brenco termina com 17 resgatados e 140 rescisões Depois de interdições, atividades produtivas da empresa voltaram ao normal. Processo de rescisões, porém, continua. Policiais e agentes penitenciários foram flagrados atuando como seguranças particulares da Brenco Trabalhadores da Brenco são flagrados em alojamentos precários Grupo móvel fiscalizou diversas instalações e encontrou mais de 130 pessoas alojadas pela Brenco em condição degradante. Empresa é comandada por um ex-presidente da Petrobras e tem como sócios Bill Clinton e James WolfensohnForça-tarefa do Ministério Público do Trabalho resgata mais 200 Fiscalização ocorreu nas usinas Capricho e Sumaúma, do Grupo Toledo. Na mesma operação, fiscais já haviam encontrado mais de 450 trabalhadores em condições degradantes em outras duas empresas do setor canavieiro alagoano Mais de 450 pessoas são resgatadas de fazendas em Alagoas Na Usina Laginha, 53 pessoas trabalhavam em em situação degradante; empresa pertence ao tradicional Grupo João Lyra, de Alagoas. Na mesma operação, fiscais libertaram mais de 400 trabalhadores em outra fazenda Fiscais resgatam 831 indígenas de usina de cana-de-açúcar no MS Indígenas estavam alojados em construções extremamente precárias. Empregados não-índios eram melhor tratados, denuncia auditora. Usineiro nega e diz que situação encontrada se deve ao uso durante toda safra Grupo móvel resgata 64 cortadores de cana-de-açúcar em Goiás Os cortadores não tinham Equipamento de Proteção Individual (EPI). Com o desconto de alimentação e alojamento, 14 trabalhadores do Maranhão ganhavam menos do que o piso de R$ 450 estabelecido em acordo coletivo Fiscalização resgata 409 cortadores de trabalho degradante Usina de cana fica no sul do Mato Grosso do Sul. Entre os peões, havia 150 indígenas guarani e terena dividindo alojamento superlotado. O corte da cana foi interditado e o dono comprometeu-se a pagar dívida com trabalhadores Fiscalização no extremo oeste de São Paulo resgata 288 de trabalho degradante Equipe com agentes do Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Federal e Ministério Público do Trabalho foi a seis usinas na região de Marília (SP). Problema mais comum é falta de equipamento adequado MTE flagra quatro mil em situação degradante e interdita três fazendas Empregadores de Goiás não forneciam alojamento e alimentação. Cerca de 2 mil viviam em barracos em péssimas condições de higiente, alugados em municípios vizinhos aos canaviais Fazenda de cana é flagrada com 249 trabalhadores escravos no MT Nas instalações, os 249 trabalhadores dividiam um único banheiro. Quando se dava a descarga, o esgoto corria a céu aberto, em frente ao local em que dormiam. Dono da fazenda deverá desembolsar mais de R$ 500 mil em dívidas trabalhistas   NOTÍCIAS Repórter Brasil lança site especial sobre agrocombustíveis Reportagens e análises […]

FISCALIZAÇÕES

Fornecedores ramificados de usinas em SP desafiam fiscalização
No estado mais rico do país, cortadores de cana ainda enfrentam dificuldades. Situação é pior nas propriedades de fornecedoras. Mesmo nesses casos, responsabilidade pelas condições de trabalho também é das grandes usinas

Fiscais resgatam 118 em grandes usinas na divisa entre SP e MG

55 dos resgatados trabalhavam na Usina Agrisul, em Icém (SP), que faz parte do Grupo José Pessoa – reincidente em casos de trabalho degradante. Usina Moema, de Orindiúva (SP), assumiu responsabilidade por outras 63 pessoas

Trabalho em usinas de Alagoas gera ações na Justiça e dossiê

Força-tarefa do Ministério Público do Trabalho (MPT) fiscalizou 15 usinas e se desdobrou em 12 ações civis públicas. Negociações para acordos, contudo, seguem abertas. Relatório final será apresentado na Conferência da OIT

Fiscalização em usina de cana é concluída com 421 resgates
Operação iniciada em março terminou apenas no último sábado (5). Prefeitura de Quirinópolis alugou espaço para abrigar 41 trabalhadores da Agropecuária Campo Alto (da Usina São João), mas vereadores não aprovaram medida

Fiscalização na Brenco termina com 17 resgatados e 140 rescisões

Depois de interdições, atividades produtivas da empresa voltaram ao normal. Processo de rescisões, porém, continua. Policiais e agentes penitenciários foram flagrados atuando como seguranças particulares da Brenco

Trabalhadores da Brenco são flagrados em alojamentos precários
Grupo móvel fiscalizou diversas instalações e encontrou mais de 130 pessoas alojadas pela Brenco em condição degradante. Empresa é comandada por um ex-presidente da Petrobras e tem como sócios Bill Clinton e James Wolfensohn

Força-tarefa do Ministério Público do Trabalho resgata mais 200

Fiscalização ocorreu nas usinas Capricho e Sumaúma, do Grupo Toledo. Na mesma operação, fiscais já haviam encontrado mais de 450 trabalhadores em condições degradantes em outras duas empresas do setor canavieiro alagoano

Mais de 450 pessoas são resgatadas de fazendas em Alagoas
Na Usina Laginha, 53 pessoas trabalhavam em em situação degradante; empresa pertence ao tradicional Grupo João Lyra, de Alagoas. Na mesma operação, fiscais libertaram mais de 400 trabalhadores em outra fazenda

Fiscais resgatam 831 indígenas de usina de cana-de-açúcar no MS
Indígenas estavam alojados em construções extremamente precárias. Empregados não-índios eram melhor tratados, denuncia auditora. Usineiro nega e diz que situação encontrada se deve ao uso durante toda safra

Grupo móvel resgata 64 cortadores de cana-de-açúcar em Goiás
Os cortadores não tinham Equipamento de Proteção Individual (EPI). Com o desconto de alimentação e alojamento, 14 trabalhadores do Maranhão ganhavam menos do que o piso de R$ 450 estabelecido em acordo coletivo

Fiscalização resgata 409 cortadores de trabalho degradante
Usina de cana fica no sul do Mato Grosso do Sul. Entre os peões, havia 150 indígenas guarani e terena dividindo alojamento superlotado. O corte da cana foi interditado e o dono comprometeu-se a pagar dívida com trabalhadores

Fiscalização no extremo oeste de São Paulo resgata 288 de trabalho degradante
Equipe com agentes do Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Federal e Ministério Público do Trabalho foi a seis usinas na região de Marília (SP). Problema mais comum é falta de equipamento adequado

MTE flagra quatro mil em situação degradante e interdita três fazendas
Empregadores de Goiás não forneciam alojamento e alimentação. Cerca de 2 mil viviam em barracos em péssimas condições de higiente, alugados em municípios vizinhos aos canaviais

Fazenda de cana é flagrada com 249 trabalhadores escravos no MT
Nas instalações, os 249 trabalhadores dividiam um único banheiro. Quando se dava a descarga, o esgoto corria a céu aberto, em frente ao local em que dormiam. Dono da fazenda deverá desembolsar mais de R$ 500 mil em dívidas trabalhistas

 

NOTÍCIAS

Repórter Brasil lança site especial sobre agrocombustíveis
Reportagens e análises exclusivas sobre os impactos causados pelos agrocombustíveis no país serão divulgadas no site, assim como a íntegra dos estudos concluídos pelo Centro de Monitoramento de Agrocombustíveis

Palco de libertações, setor sucroalcooleiro conta com isenções

Nas destilarias do Mato Grosso do Sul ocorreram dois dos três maiores resgates de pessoas em condições análogas a escravidão em 2007. Projeto de lei estadual pretende barrar incentivos a quem usa este tipo de mão-de-obra

Vigilância Sanitária fiscalizará alojamentos nos canaviais de SP
Construções destinadas ao abrigo de trabalhadores das lavouras de cana-de-açúcar terão que ser cadastradas previamente antes de recebê-los. Fiscalização começará um mês antes do início da safra 2008/2009

Grandes libertações de trabalhadores em canaviais dominam 2007
Quatro maiores ações do ano ocorreram em regiões de expansão do cultivo de cana-de-açúcar e resgataram quase 3 mil pessoas (mais da metade da soma de 5.877); duas grandes operações envolveram trabalhadores indígenas

Risco do etanol está associado ao modelo de produção
Sustentabilidade vai muito além da escolha do combustível que queima nos motores dos automóveis. Principal desafio está na mudança da estrutura de produção da cana-de-açúcar pautada apenas no lucro que concentra renda

"Conselhão" analisará situação dos trabalhadores na cana
Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social aprovou proposta feita pela CUT de criar um grupo de trabalho para analisar a situação dos trabalhadores envolvidos na produção de bioenergia

Cana pode prejudicar meio ambiente e produção de alimentos
Antônio Thomaz Júnior, da Unesp, questiona argumentos apresentados pelo presidente Lula e diz que novas lavouras destinadas à produção de álcool podem ameaçar biomas importantes, como a Amazônia e o Pantanal

Via Campesina ocupa usina de cana em protesto contra capital estrangeiro
Em manifestação pacífica, 800 mulheres ocuparam a maior usina produtora de cana para álcool do país, localizada na região de Ribeirão Preto (SP). No ano passado, 63% das ações da Cevasa foram compradas pela Cargill

Número de usinas deve aumentar 30% em cinco anos
Demanda por álcool combustível nos mercados interno e externo é o grande incentivo. A cana avança rumo a Goiás, leste do Mato Grosso do Sul e Triângulo Mineiro, mas situação dos cortadores ainda mancha imagem das usinas

Sindicalistas e organizações camponesas discutem avanço da cana
Seminário realizado em São Paulo reuniu militantes de movimentos sociais de seis países para debater os impactos ambientais e trabalhistas que o crescente interesse pelos biocombustíveis pode gerar na América Latina

Apesar do sucesso da cana, trabalhador continua na mesma
O açúcar e o álcool combustível estão valorizados no mercado internacional, o que aumenta a procura pela cana brasileira. Porém, condições que levaram 13 pessoas à morte por excesso de trabalho não devem mudar tão cedo

Ministério Público quer acabar com remuneração por produção
Depois da morte de 13 cortadores de cana, possivelmente por excesso de trabalho, órgão quer que usinas discutam nova forma de remuneração. Trabalhadores temem que medida resulte em redução de renda

Guariba, 1984: o ano que não quer acabar
Mudou pouco a vida dos cortadores de cana que trabalham no interior de São Paulo desde que estourou grande revolta de 1984. Enquanto se recupera de um acidente, o maranhense Francisco Silva da Conceição sonha em voltar ao trabalho, que lhe dá R$ 2,50 por tonelada cortada

 

GRANDES REPORTAGENS

O lado azedo da cana
A cana atravessa um novo ciclo. As exportações de açúcar e o consumo interno enchem de esperanças os grandes usineiros. Por outro lado, as condições de trabalho degradante a que são submetidos os cortadores de cana ainda preocupam sindicalistas e movimentos sociais

O Engenho Resiste
No Brasil, a história da cana-de-açúcar confunde-se com a do país. Da fundação dos primeiros vilarejos até o desenvolvimento das tecnologias de ponta, a exploração da cana criou em torno de si relações que determinaram muito do que somos hoje. Mas enquanto a casa-grande evoluiu, a senzala se manteve.

Mesma Vida Severina
Através do sertão, agreste e zona da mata de Pernambuco, refez-se os passos de Severino, protagonista de Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto. Comparou-se a realidade para se constatar que pouco mudou nos últimos 45 anos.

 

ENTREVISTAS

Pesquisador prega extinção do trabalho por produção
O professor Francisco Alves, da Universidade Federal de São Carlos, sustenta que o ganho por produção é o responsável pelas mortes de cortadores nos canaviais e sugere pagamento por salário fixo pelo ano todo

Especialista associa sucesso do etanol à pressão sobre cortador
Para professor que pesquisa a exaustão no trabalho na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), preço baixo do etanol brasileiro também é conseqüência de baixos salários e pressões variadas sobre os cortadores de cana-de-açúcar

 

ARTIGOS

Etanol e biodiesel: energia para quem?
Num modelo que traz impactos negativos a comunidades tradicionais, procura-se transformar o Brasil em grande exportador de combustíveis líquidos, destinando grandes extensões de terra para a monocultura

Artigo – Marina Silva e Zeca do PT duelam por usinas do Pantanal
Projeto que prevê a construção de usinas de álcool (foto) na bacia do Alto Paraguai, em região próxima ao Pantanal, coloca em lados opostos a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e o governador do Mato Grosso do Sul, o Zeca do PT. A obra é condenada pela comunidade ambientalista

 

CASO PAGRISA

Comissão do Senado paralisa atividade e marca reunião com Lupi
Formada para averiguar a atuação do grupo móvel de fiscalização na fazenda Pagrisa, comissão de senadores suspende coleta de depoimentos e agenda audiência com ministro do Trabalho para tentar dar um desfecho ao caso

Comissão divulga nota de apoio à fiscalização do trabalho escravo
Ato de aprovação e desagravo é reação aos recentes ataques sofridos pelas equipes que atuam na libertação de escravos por parte de parlamentares e entidades de classe ligadas à fazenda Pagrisa. Mais de mil pessoas foram libertadas de sua lavoura de cana-de-açúcar no dia 30 de junho

Apesar de pressão, pagamentos na Pagrisa continuam
Diretor da empresa visitou o local, em Ulianópolis (PA), nesta quinta-feira (5) e propôs que os trabalhadores continuassem na fazenda, após regularizar as infrações. No entanto, trabalhadores decidiram ir embora, pelas péssimas condições a que eram submetidos

Libertados da Pagrisa relatam vida na "prisão"
“Nós estávamos em uma prisão”, conta Arias Roma Pereira, um dos trabalhadores que deixou o trabalho de corte de cana-de-açúcar na fazenda da empresa Pará Pastoril Agrícola, em Ulianópolis

Ação recorde resgata 1108 trabalhadores da cana no Pará
Na fazenda, em Ulianópolis (PA), trabalhadores dormiam em alojamentos superlotados com esgoto a céu aberto, recebiam comida estragada e água sem condições de consumo, além de salários que chegavam a R$ 10,00 por mês. Petrobrás, cliente da empresa, anunciou suspensão do contrato

 

CASO GAMELEIRA

Após 32 dias na prisão, trabalhadores do MT ganham liberdade
Por causa de um protesto contra atraso em seus salários na Destilaria Araguaia, em Confresa (MT), 14 trabalhadores da cana-de-açúcar foram presos e enquadrados no crime de "sabotagem"

Juiz nega liberdade provisória a trabalhadores presos no MT
Grupo de 14 pessoas que protestou contra atraso de salário em usina de Confresa (MT) permanece preso há mais de um mês. Juiz afirma que precisa de documentos que comprovem residência fixa para liberar trabalhadores

Famílias de trabalhadores presos no MT passam necessidades
Grupo de 14 pessoas que protestou em usina do Mato Grosso por atraso de salários permanece preso há mais de três semanas; Ministério Público se posicionou a favor da manutenção da prisão

Usina pagará R$ 800 mil por ter mantido 1003 escravos em 2005
Acordo realizado com Ministério Público do Trabalho e a Destilaria Gameleira prevê pagamento por meio de doação de terrenos e construção de escolas; libertação que gerou ação aconteceu em 2005, em Confresa (MT)

Protesto contra salário atrasado termina com prisão no MT
Lideranças locais acusam a polícia de agredir 14 trabalhadores que foram presos por atear fogo em pneus por conta de atraso de salários na Destilaria Araguaia (ex-Gameleira), em Confresa (MT); PM nega excessos

Libertação recorde está na nova "lista suja" do trabalho escravo
Cadastro lançado pelo MTE traz libertação que tirou 1003 trabalhadores de situação semelhante à escravidão da Destilaria Gameleira, no Mato Grosso; Pará é estado que mais aparece na lista, com 35,5% dos nomes, seguido do Tocantins, com 20,9%

Usina é condenada em R$ 500 mil por condições degradantes de trabalho
Justiça condena Destilaria Gameleira, localizada em Confresa (MT), por más condições de trabalho de seus empregados. Empresa já foi palco da maior libertação de escravos realizada, quando 1003 pessoas foram resgatadas

Recordista em libertações, empresa é reformulada e muda de nome
Grupo EQM substitui a Destilaria Gameleira pela Destilaria Araguaia. Modernização tecnológica e trabalhista justificam decisão da empresa. Em junho de 2005, operação do grupo móvel libertou 1003 pessoas escravizadas na fazenda

1.200 escravos são libertados no MT; Severino fez lobby pela destilaria
Maior operação de libertação da história do país confirma situação da Destilaria Gameleira, que já havia perdido clientes devido à utilização de mão-de-obra escrava

 


Apoie a Repórter Brasil

saiba como

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *